Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis




Blog de Ivaldo Gomes
 


 

Esse é um blog arquivo de poemas de Ivaldo Gomes

 

 

 

 

Seja bem vindo ao meu baú de sonhos. Pode remexer nele. Fique a vontade. Você vai ficar sabendo um pouco de como vejo e sinto o mundo. São confidências entre o mundo material e o metafísico. Lembre-se, são só poemas.

 

São emoções pregadas a sentimentos em papéis vários e virtuais. É minha forma de dizer, sentir, viver. 99 % deles estão inéditos em papel. Nunca foram impressos oficialmente. Os que estão aqui postados são as versões oficiais e ultimamente corrigidas. Dê preferência à versão do blog.

 

Poemas são como pedras preciosas. Cada um tem um valor sentimental. E como pedra preciosa cada um tem sua identidade e personalidade. Muitos podem parecer tão parecidos, mais olhando de perto não são normais. Risos.

 

Esse blog tem a intenção de registrar um material produzido durante as duas últimas décadas. De muito sentimento e registros. Tenho uma forma peculiar de compor meus versos. Eles são inscritos e quase nunca corrigidos. Saem de uma vez só.

 

Meu tema predileto é a paixão em todos os sentidos. Alguns poemas parecem melosos, mais os apaixonados fazem de tudo e qualquer coisa pra chamar a atenção. Ai a culpa já não é minha. É da paixão. É da musa.

 

E por falar em musa, gostaria de dizer que sem ela não poderia ter feito uma linha se quer de tudo que você vai ler ai embaixo. São mais de quatrocentos poemas. Estão em ordem alfabética.. Alguns estão datados. É para lembrar sempre um fato.

 

Se você quiser um nome para reunir esses poemas use: Poemas Apaixonados de Ivaldo Gomes.

 

Um abraço,

Ivaldo Gomes

           e-mail: ivaldogomes2@gmail.com




Escrito por Ivaldo Gomes às 19h09
[] [envie esta mensagem
] []





Ao norte de mim

 

 

                            Ivaldo Gomes

 

 

O mundo gira em círculos,

Cada vez mais fechados.

É como se fosse uma roda,

A moer minhas esperanças

Sem dó nem piedade.

 

E gira o mundo em mim,

E muda os fusos

E difusos eu fico,

Eu vou.

 

E olho o norte da

Minha bússola amorosa,

E o magnético aponta

O meu desapontamento.

 

E fico girando os pensamentos,

Ungüentos dos meus

Sonhos, desejos.

Lembro dos beijos,

Dados em ti.

Do universo de

Encantos do céu

Da tua boca.

 

E rouca fica a voz,

O violão e o verso.

E no verso dos dias,

Ao norte de mim.

 

E rola a vida lá fora...

E gira o desejo no peito...

 

E o meu astrolábio,

Salgado da maresia,

Molhados dos pingos

Das lágrimas

Que caem assim.

 

Ai! De mim prisioneiro.

Desse olhar que roda, ronda,

Ao norte de mim.



Escrito por Ivaldo Gomes às 10h30
[] [envie esta mensagem
] []





Ao seu, ao nosso, Alceu.

 

 

                                     Ivaldo Gomes  

 

 

Alceu, ao nosso, ao meu.

Descendo a ladeira do coração

De Olinda fui ver Recife.

Esbarei em ti.

Cruzamos as ruas de Caruaru,

Apressados sem saber pra onde ir.

A viola nos guia.

Essa é a nossa tua sina.

Que cante o que tiver pra

Ser cantado, contado na

Voz do povo.

Frevo, maracatu e baião.

Trovador das ladeiras.

Dos becos, dos bares.

Das beiras dos mares.

Cigano da ‘peste’,

Cantador do agreste,

Do chão se deu.

 

Alceu, ao meu, ao nosso.

Ao vosso verso no reverso

Das dores alheias,

Clareia o consolo do mote.

Aceite um aperto de mão

E boa sorte.

Vou pro norte,

Pelo caminho do sol.

Rodarei o mundo,

Misturarei tudo num

Liquidificador cultural.

Tudo que ouvi, botei pra tocar

Na casa dos outros.

Música é o nosso dialeto.

Hoje você faz parte

Desses versos.

Sucesso.

Ao seu, ao nosso, Alceu.

 



Escrito por Ivaldo Gomes às 10h27
[] [envie esta mensagem
] []





Aos poetas

 

 

                                    Ivaldo Gomes

 

 

Os poetas possuem um salvo conduto.

A eles é possível tudo e mais um pouco.

Eles, elas, podem e devem ser o que são.

Sã? Na poesia não se precisa disso.

Precisa-se de sentimento.

Esse quanto maior for maior será.

Redundante, não para o poeta.

Pois o mesmo, o dito cujo e a cuja,

coruja da filosofia, uma fria,

mais a poesia é sem eira e nem beira.

É assim, constante e pronto.

Tal rio de água abaixo,

Que desce, desce e nunca chega ao fim.

É como navalha que apara a barba,

Na certeza de que amanhã lá está ela.

Barba novamente. Crescente.

Uma barbada tudo isso.

 

Aos poetas tudo.

Aos sem poema nada.



Escrito por Ivaldo Gomes às 10h17
[] [envie esta mensagem
] []





Apaixonadamente...

 

 

                            Ivaldo Gomes

 

 

O fogo da paixão que incendeia

Meu coração, que aquece

A alma e me esquenta a vida.

Se eu soubesse o tamanho

Dela com certeza entenderia,

A dor dessa saudade.

É como morrer de sede

Em frente ao poço, límpido,

Da fonte desse seu prazer.

É quando a garganta sufoca

A ausência de você.

Agarro-me na presença

Das lembranças da gente.

E comumente sinto falta,

Mas guardo, enrolo em

Lenços indianos meus suspiros.

Que atiro em meio ao incenso,

Que penso, imagino, cheirando

A você.

Mirra, almíscar selvagem.

E me lembro da musica,

Que envolve seu corpo,

Em passos lentos,

Nas pontas de pés.

A nos beijar.

E logo acordo do transe,

Em transito, quadraturas,

Da minha imaginação.

E lhe abraço em meus braços,

E lhe beijo de paixão.

Ai! de mim que só sei viver

Apaixonado por ti.



Escrito por Ivaldo Gomes às 10h15
[] [envie esta mensagem
] []





 

 

Apaixonadamente nós

 

 

                            Ivaldo Gomes

 

 

E eu assim apaixonadamente

Perdido e achado por você.

Em todos esses dias,

O sol nos parece mais

Incandescente, ardente.

 

E nós assim apaixonados,

Jogados um no outro,

Cotidianamente amantes

Do tempo e dos espaços.

 

Em nós brota a paixão,

Que cresce amorosamente

Há sóis em nossos corações.

 

Em seus braços,

Em nossos abraços,

Em beijos ardentes.

Quentes como esse dia.

 

Que o nosso amor

Perdure, dure,

Enquanto eterno for.

 

Pois a paixão que

Cultivamos brota do

Amor que construímos

No dia a dia da nossa paixão.

 



Escrito por Ivaldo Gomes às 10h12
[] [envie esta mensagem
] []





Apaixonado

 

           

                        Ivaldo Gomes

 

 

Vive em outra

Estação.

Sintonia fina.

 

Desafinar é

O mesmo

Que estar no tom.

 

Tanto faz,

Tanto fez.

Apaixonado.



Escrito por Ivaldo Gomes às 10h10
[] [envie esta mensagem
] []





Apenas feliz

 

 

                   Ivaldo Gomes (20/03/87)

 

 

 

Do que não acontece com a gente.

Esses horários confusos, afastando.

E nós distantes e querendo,

Buscando ficar juntos.

Parecemos adolescentes

E não nos censuro.

Que bom que conseguimos

Ser adolescentes ainda.

Ser adulto é muito chato.

Tudo muito certinho,

Muito bem pensado.

Esquematizado.

A vida precisa de coisas

Provocativas, desafiadoras.

Que jogue a gente pra cima.

Eu, meus medos e minhas culpas,

Tudo junto.

Eu, meus desejos, paixões,

Devoções, tudo em mim.

A vida é assim, corre tudo

Muito rápido.

E rápido se busca viver.

Ou se acompanha o bonde,

Ou se perde, perde-se de si.

Eu quero tá junto de ti,

E ti curtir e amar.

Jogar-me no teu colo

E o consolo de ser

Apenas feliz.



Escrito por Ivaldo Gomes às 10h09
[] [envie esta mensagem
] []





 

 

         Aprendi com elas

 

 

                                    Ivaldo Gomes

 

 

         Tudo de bom

         Nessa vida,

         Aprendi com elas.

         As mulheres.

 

         Aprendi o sabor de

         Um prato quente

         De comida,

         Com elas.

 

         Aprendi o gosto

         De gostar de alguém,

         Com elas.

 

         Tudo de bom

         Na vida aprendi,

         Com elas.

 

         Com os homens

         Aprendi a mentir,

         Matar, roubar,

         Enganar.

 

         Foi com os homens

         Que descobri a dor,

         O rancor, a raiva,

         A dissimulação.

 

         Com elas aprendi

         Sobre carinhos,

         Cuidados, cafunés,

         Beijos e abraços.

 

         Tudo de bom que

         Aprendi na vida,

         Aprendi com elas.

 

         Que Deus as abençoe.

         Que Deus as proteja.

         E que elas cuidem

         Do mundo.

 

         Pois o mundo será

         Melhor cuidado,

         Por elas.



Escrito por Ivaldo Gomes às 10h06
[] [envie esta mensagem
] []





Aprendiz

 

 

                               Ivaldo Gomes 

 

 

Aprendiz de tudo

Mestre de nada.

 

Ferreiro do cotidiano

A martelar os dias.

 

Engenheiro de sonhos

Na aventura da vida.

 

Pintor de sutilezas nas

Paredes do destino.

 

Cantor de teatro

Sem palco e sem platéia.

 

Enfermeiro da infelicidade alheia,

A trocar ataduras.

 

Aprendiz de tudo

Mestre de nada.

 

Pedreiro de poucos tijolos

E muitas lágrimas nos olhos.

 

Maestro de orquestras

Sem músicos.

 

Dançarino congelado no salto,

No ar, como quem apaga a luz.

 

Trapezista no super mortal

De costas com capuz.

 

Padre de poucas confissões e

Muitas procissões.

 

Aprendiz de tudo

Mestre de nada.

 

Ator de muitos textos

E de poucos sucessos.

 

Cozinheiro de pratos variados,

Assados, quentes e frios.

 

Marinheiro de poucas viagens

E de mares imensos.

 

Instrumentista de poucos acordes,

Mais de muitas emoções.

 

Professor por compreensão,

A bem da verdade.

 

Poeta por necessidade

E nunca por vocação.

 

Aprendiz de tudo

Mestre de nada.

 

À vontade de saber,

Ver, sentir, pegar, viver.

 

Atitude curiosa

Diante da vida.

 

Aprendiz, sempre.

Aprendiz, eternamente.

 

Aprendiz e nunca mestre,

Mestre de nada.

 



Escrito por Ivaldo Gomes às 10h04
[] [envie esta mensagem
] []





As Mulheres

 

 

                                           Ivaldo Gomes (08/03/1986)

 

 

 

Mulher... Que significado possui?

 

'Bom, mulher é como alça de caixão, quando um larga outro pega'.

-  Não, mulher não é esse conceito machista.

 

'Mulher é diferente do homem. Faltam coisas... Os homens têm e elas não têm'.

-  Anatômico demais. Não é isso.

 

'Mulher é aquela que cuida da casa, toma conta dos filhos, prepara comida, lava, passa, etc'.

- Muito doméstico não é por ai.

 

'Mulher é aquela coisa boa, de dar prazer, de levar pra cama'.

- Também não. Muito consumista pro meu gosto.

 

'Mulher é a musa inspiradora de tudo. Não esqueça que tudo é feito em seu nome e em sua homenagem'.

-  Saudosista demais.

 

'Mulher é aquela pessoa explorada, oprimida, desrespeitada, que não tem muitos direitos e que os homens acham que estão sempre disponíveis para abrir as pernas para eles'.

- Feminista demais, também não é por ai.

 

Mais o que vem a ser mesmo este indivíduo que tem formas

Próprias e que habita esse mundo junto com a gente,

Os homens?

 



Escrito por Ivaldo Gomes às 10h02
[] [envie esta mensagem
] []





Será que é possível perceber a mulher sem perceber também

O homem junto?

Interagindo em todo esse processo social que existe?

 

Será que nós os homens estamos suficientemente esclarecidos,

Do que sejamos nós, homens e mulheres?

 

Será que se resolverá as questões da mulher simplesmente

Com a organização delas?

 

Será que transformarão o mundo sozinhas?

 

Será que a questão não passa necessariamente por

Um aprofundamento das relações de poder, de produção,

Reprodução, entre homens e mulheres?

 

A divisão dos direitos, do trabalho, da educação dos filhos,

Do respeito à liberdade de cada um, do querer e da forma

Do querer, já não seria um início, a ponta do novelo?

 

É inegável que as mulheres estão bem mais organizadas.

 

Discutindo as coisas, aprofundando questões que nós nem pensamos ou até nos recusamos a discutir?

 

Talvez seja porque temos a ilusão de quê quem manda,

Quem tem o poder não precisa discutir essas futilidades.

 

Será que estamos felizes desse jeito?

 

Será que estamos fazendo outras pessoas felizes?

 

As mulheres? Os filhos?

 

Será que não é hora de começarmos a mergulhar fundo no

Nosso egoísmo, no nosso machismo?

 

Porque machista e egoísta não são só os homens.

E nem todos os homens e mulheres.



Escrito por Ivaldo Gomes às 10h01
[] [envie esta mensagem
] []





Só conseguiremos definir, se é que temos que definir alguma coisa,

Se aprofundar-mos o significado do homem e da mulher juntos,

Numa proposta de sociedade nova, que terá que ser

Construída por ambos. Ombro a ombro, todo dia, toda hora.

 

Não nos deixemos enganar por esse jogo de concorrência,

De competição, tão bem divulgado pela mídia

Desse capitalismo selvagem.

 

Não somos produtos para ser vendido, rotulado e tabelado

Como num grande supermercado da vida.

 

Nem objetos que se dispõe a serem usados e jogados

Fora quando a moda passar.

 

Somos gente. E temos a capacidade de amar, de solidarizar-se.

De compartilhar o caminho, o afeto e a alegria que é

Transformar as coisas e dignificar as pessoas.

 

Precisamos de gente que contribua na criação do novo,

E o novo não é a moda passageira.

 

É a forma de se viver junto e deixar viver,

E criar as condições para que todos tenham

Os direitos iguais.

 

A democracia não é um sofisma. Não é ser igual, pensar igual,

Agir igual. è ter direitos iguais. Mas também é justamente a garantia de se ter à garantia

De ser diferente, de pensar diferente.

 

Garantia de ter garantido o direito ao seu querer e a

Sua forma de pensar e agir.

 

Muitos podem até pensar que assim vai virar a maior bagunça.

Que todos vão fazer o que lhe der na telha.

 

Também não é isso.

 

A nova estrutura social se construirá na vontade da maioria,



Escrito por Ivaldo Gomes às 10h01
[] [envie esta mensagem
] []





E será garantido o direito de se ser minoria também.

 

A discussão do que seja ou pra que serve os homens e as

Mulheres é uma questão bem mais ampla.

 

Precisamos de todos os homens e de todos às mulheres que

Acreditem ser possível vivênciar uma nova forma de se viver.

 

É só existe um caminho: a construção conjunta do caminho

Andando juntos, homens e mulheres.

 

Mulher e homem são mais do que tudo que já foi dito,

Desde a idade da razão.

 

Nós, homens e mulheres somos o segredo da vida.

E é das nossas relações que brota o novo e o sentido de tudo.

 

Estamos indubitavelmente ligados nesse caminho.

Dialéticamente juntos.

 

Vamos juntos descobrir o que é descobrir um mundo novo.

Uma nova realidade. Uma nova ordem.

 

Só ai colocaremos o homem e a mulher no local em que

Eles realmente merecem estar.

 

Homem e mulher é o que somos.

 

Humanos.

 

__________________________________________________

Dia de homem e mulher é todo dia. O tempo todo.

Tudo agora neste instante.



Escrito por Ivaldo Gomes às 10h00
[] [envie esta mensagem
] []





Assim...  Aasim...

 

 

                                   Ivaldo Gomes

 

 

E fica em mim os desejos,

Os beijos insaciados de ti.

Que por mais que eu fique

Contigo nunca me sacia,

Satisfeito não fico.

 

Que beijos posso te dar,

Se a mim nunca me

Foi dado o direito de

Ver-te. De sentir-te,

Enfim.

 

Eu que fique a remoer

Os desejos, os beijos,

Que ganhei virtualmente.

Como semente que brota

E cresce sem fim.

 

Ai! de mim se pudesse,

Se o meu desejo desse,

Então num salto no escuro,

Tal muro caísse em

Teus braços.

 

E quando em mim fica,

A saudade que abafa

O peito e enche a alma

De esperanças de

Esperar por ti.

 

E que num belo dia

Irá surgir no portal

Da casa...

 

Com o sorriso aberto,

Sincero em si.

 

E fico a pensar

Nesse dia,

Como o preso

Pensa na liberdade

Ansiada.

 

E se pudesse,

Poderia enfim.

Esperar.

Esperando.

Até quando?



Escrito por Ivaldo Gomes às 09h42
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]